Microalgas Marinhas

As microalgas marinhas, como a Chlorella, a Nannochloropsis e a Dunaliella salina, entre outras, têm um história primitiva com um impacto de 3,4 mil milhões de anos. Elas fazem parte das dietas humanas e animais há vários séculos.

Vários estudos têm demonstrado que o consumo de microalgas beneficia fortemente a saúde humana

 

 

Conheça a Chlorella: O MÁGICO VERDE

A Chlorella surgiu e foi a primeira planta com um núcleo bem definido.

Existem fósseis do período pré-cambriano que indicam claramente a presença da Chlorella. Os cientistas dizem que, durante o período inicial da atmosfera da Terra, esta teria sido composta por gases letais, como amoníaco, metano e dióxido de carbono. Segundo esta teoria, plantas verdes como a Chlorella desempenharam um papel fundamental na transformação destes gases letais num ambiente capaz de suportar a vida de plantas e animais, através da fotossíntese (o processo responsável pela remoção de dióxido de carbono da atmosfera, libertando enormes quantidades de oxigénio).

A microalga Chlorella só foi descoberta em 1890 pelo microbiólogo holandês M. Beijernick, graças ao fascínio que este sentiu ao observar uma lagoa verde-escura, que o levou a examinar a sua água ao microscópio.

   

Saúde que vem do Oceano

As microalgas são cultivadas pela humanidade há séculos, devido aos seus compostos bioativos valiosos.

A microalga marinha Chlorella utilizada nos produtos Alguimya é produzida pela Buggypower, a maior produtora portuguesa de microalgas, em fotobiorreatores fechados patenteados localizados no Porto Santo. Esta ilha portuguesa no Atlântico Norte oferece os benefícios de dias de sol durante todo o ano, água do mar cristalina e rica em nutrientes e ar puro, para um equilíbrio que promove um crescimento perfeito. A água do mar é mil vezes mais rica em minerais que a água doce. Por esta mesma razão, as microalgas marinhas são conhecidas como "Fundadoras da Cadeia Alimentar" porque fornecem TODOS os nutrientes essenciais para a vida neste planeta. Inclusivamente, a quase totalidade do iodo, elemento crucial para a saúde humana, encontra-se no oceano.

 

SUPERALIMENTO: UM MICRO INGREDIENTE COM MACRO BENEFÍCIOS

A biomassa de microalgas foi designada um "Superalimento" pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), devido ao seu elevado poder nutricional.

Em peso seco, a Chlorella é constituída por quase 40% de proteína, uma das maiores quantidades por peso em qualquer planta.

É igualmente um superalimento rico em fitonutrientes, incluindo: 

  • Proteína e amino-ácidos
  • Ácidos gordos polinsaturados de cadeia longa (LC-PUFAs) omega 3
  • Luteína
  • β-caroteno
  • Clorofila

Na Chlorella também encontramos o essencial Fator de Crescimento de Chlorella (CGF, do inglês Chlorella Growth Factor).

Além do seu impressionante teor proteico, a Chlorella também contém uma quantidade significativa de gorduras saudáveis e de hidratos de carbono complexos. A Chlorella destaca-se sobretudo pela sua gama de micronutrientes, uma vez que por cada 100 g contém:

  • 10 % da nossa dose diária recomendada de vitamina A
  • 70% DDR de ferro
  • 50% DDR de zinco
  • 2.5% DDR de riboflavina
  • 1% DDR de Tiamina, Niacina, vitamina B6, fósforo, vitamina D e magnésio
  • 1% DDR de vitamina C e E, vácido fólico, ácido pantoténico e cálcio

 

 

O FACTOR DE CRESCIMENTO DA CHLORELLA MARINHA (CGF)

O CGF é um grupo único de substâncias que só está presente no núcleo da Chlorella, constituindo até 18% do seu peso total.

É rico em:

  • Ácidos nucleicos (ARN e ADN)
  • Aminoácidos, peptidos, vitaminas (a maioria delas do complexo B, como a vitamina B12)
  • Minerais marinhos vitais e elementos vestigiais
  • Polissacáridos, glicoproteínas e beta-glucanos.

O CGF é responsável pela capacidade notável da Chlorella para curar e rejuvenescer o corpo humano, reparando células e tecidos danificados e estimulando o crescimento de células novas e saudáveis, o que torna este organismo um dos alimentos naturais mais poderosos. Além disso, o conteúdo elevado de ácidos nucleicos presentes no CGF tem a capacidade de retardar o processo de envelhecimento.

COMO AS MICROALGAS MARINHAS BENEFICIAM O SEU CORPO

Está comprovado que o consumo de Chlorella marinha beneficia naturalmente todo o corpo de várias maneiras:

  • É um potente agente antioxidante (as microalgas marinhas são naturalmente ricas em iodolípidos vitais - uma combinação de LC-PUFAs e iodetos -, o antioxidante mais antigo e poderoso, bem como carotenoides e polifenóis)
  • Apoia uma função hormonal saudável (o iodo é designado o mineral endócrino, porque é importante não apenas para a glândula tiróide, mas também para todo o sistema hormonal do corpo)
  • Ajuda a fortalecer o sistema imunológico
  • Promove a saúde cardiovascular
  • Ajuda a atenuar os efeitos secundários da quimioterapia e da radiação
  • Regula a tensão arterial
  • Diminui os níveis de Colesterol e de açúcar no sangue e atua como um agente destoxificante (metais pesados e quimiotoxinas).